“Se quiserem que eu saia, têm que me matar”, desafia Temer

Dourados - MS, 5 de junho de 2017


Foto: AFP PHOTO / Miguel Schincariol

Não admite renúncia nem em reuniões a dois com velhos aliados. Eunício Oliveira teve, na quarta-feira à noite, uma conversa com Temer e abordou, com jeito, a possibilidade de o presidente deixar o cargo.

Temer foi enfático em sua resposta sem mesóclises ao presidente do Senado.

— Fique tranquilo, não vou renunciar, não vou sair. Vou recorrer até o fim. Se quiserem que eu saia, têm que me matar.

Fonte: Falando Verdades

0 Comentários

Envie seu Comentário

Antes de escrever seu comentário, Atenção! O MSAtual não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!