Genro de Trump votou como mulher nas eleições presidenciais

Dourados - MS, 28/09/2017


O conselheiro sênior de Donald Trump,Jared Kushner,tem motivos de sobra para atrair a atenção do público. Além do importante cargo na presidência dosEstados Unidos, que assumiu sem ter nenhuma experiência política anterior, Jared é genro de Trump, caso com Ivanka. Também é um dos principais alvos das investigações sobre a interferência russa nas eleições americanas.

Como se não bastasse, Jared ganhou as manchetes dos jornais americanos nesta quarta-feira por um motivo bastante inusitado: o site Wired apurou que o braço direito do presidente americano está registado para votar como mulher.

A certidão, que é pública, data de 2009 e aponta a data da última votação como novembro de 2016.

Ao que tudo indica, Jared pode ter apenas preenchido o formulário de forma incorreta, coisa que já aconteceu em outras situações, segundo informou a Wired, em que deixou de colocar informações necessárias, trocou datas e errou informações ao preencher documentos.

Mas o erro pode ter implicações mais sérias, já que abre uma brecha para questionamentos sobre a legalidade de seu voto.

No começo do ano, Trump, ao responder sobre o fato de Hillary Clinton ter tido um número maior de votos que ele, afirmou que até 5 milhões de pessoas podem ter votado ilegalmente nas eleições de 2016.

Além disso, o site destacou a “aparente incapacidade crônica de preencher formulários corretamente” como muito preocupante em um homem forte do governo.

Fonte: Veja

0 Comentários

Envie seu Comentário

Antes de escrever seu comentário, Atenção! O MSAtual não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!