sexta-feira, setembro 21

Gabarito do concurso do Corpo de Bombeiros é publicado no Diário Oficial

O concurso que oferta 200 vagas, registrou índice de abstenção de 24% na primeira etapa do certame

De 13.545 inscritos no concurso do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS), 3.273 deixaram de comparecer para realizar a prova escrita, que aconteceu domingo (2.9), em Campo Grande e Dourados. O concurso que oferta 200 vagas, registrou índice de abstenção de 24% na primeira etapa do certame.

Para os cargos de Oficial o índice de abstenção ficou em 24% e o de Soldado em 20%.

De 11.379 inscritos para o cargo de Soldado BM, 2.821 deixaram de comparecer. Já para os cargos de Oficial que totalizava 2.166 inscritos, sendo, 923 para o cargo de Oficial, 1.149 para o cargo de Oficial Especialista, e 94 inscritos para o cargo de Oficial de Saúde, o registro foi de 452 candidatos faltosos.

O número de candidatos desclassificados por manterem/esquecerem seus respectivos aparelhos celulares ligados, ou portarem algum tipo de equipamento com sinal sonoro, foi de 18. Já o atendimento especial direcionado a lactantes aconteceu para 17 candidatas.

Gabarito 

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (5.9) traz em sua publicação o gabarito oficial preliminar da prova escrita do concurso do Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) – confira aqui.

Ao todo são ofertadas 153 vagas para Soldado, 23 para Oficial Bombeiro Militar, 12 para Oficial de Saúde e 12 para Oficial Especialista.

O edital prevê dois dias a contar de hoje, para o candidato interpor recurso solicitando revisão de questão. A solicitação deve conter razões que justifiquem a revisão, devendo ser efetivados por questão.

O prazo para recurso encerra às 17h (horário de MS) desta quinta-feira (6.9) no site da Fundação de Apoio ao Ensino, à Pesquisa e a Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems). O gabarito oficial definitivo será publicado no dia 1º de outubro.

Assinam a publicação os secretários de Estado de Administração e Desburocratização, Édio de Souza Viegas, e o de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, além do subcomandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Luiz Antonio de Mello.

 

Obrigado pela sua participação!