qua. set 18th, 2019

Globo pode não transmitir estreia do São Paulo na Libertadores

Dirigentes da Conmebol (Confederação Sul-Americana) e executivos da Globo entraram a noite desta terça (5) em conversas para resolver impasse comercial. A indefinição pode fazer com que a emissora não transmita a estreia do São Paulo na Libertadores, nesta quarta (6), às 21h30, em Córdoba, contra o Talleres (ARG).

A entidade exige que o canal brasileiro mostre os anunciantes do torneio na transmissão. A Globo não aceita e quer exibir as marcas das empresas que compraram seus pacotes publicitários.

A informação foi publicada inicialmente pelo UOL.

A previsão é que mais conversas aconteçam na manhã desta quarta para tentar chegar a um acordo.

“A Globo respeita e cumpre todos os seus contratos –com o mercado publicitário, com os clientes e com os detentores dos conteúdos de quem compramos os direitos, sejam eles exclusivos ou não”, afirma nota enviada pela assessoria de imprensa da Globo, sem confirmar se a partida será transmitida.

A emissora já anunciava em seus comerciais a exibição do jogo.

Assessores do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez disseram à reportagem que é a entidade que exige o cumprimento o contrato. Segundo eles, este determina que sejam mostrados nas transmissões os anunciantes do torneio e da Confederação.

A avaliação deles é que a Globo tenta não cumprir o que está escrito por estar acostumada a ter influência sobre os dirigentes do futebol sul-americano. Os cartolas da Conmebol pensam o mesmo a respeito da Fox Sports latino-americana.

Para os dirigentes, um exemplo das mudanças em andamento é a entrada das redes sociais nas transmissões ao vivo. Nesta quinta (7), o confronto entre Deportivo La Guaira (VEN) e Atlético Nacional (COL) será o primeiro de Libertadores a ser transmitido apenas pela internet e não por uma emissora da Globo ou da Fox Sports.

Mais  Seleção brasileira perde terceira partida sob comando de Tite

O jogo será mostrado apenas no Facebook.

Em outubro do ano passado, a Globo fechou a venda de seus pacotes publicitários para o futebol em 2019. Negociou os espaços nas transmissões com Ambev, General Motors, Hypera Pharma, Vivo e Itaú. Cada um pagou R$ 310 milhões, rendendo à emissora R$ 1,86 bilhão.

A Globo planejava também estrear nesta quarta programa pós-jogo. Mas este foi adiado por causa da indefinição.

ESTREIA NA ARGENTINA

O São Paulo investiu R$ 43 milhões para temporada 2019. O objetivo principal de tanto gasto é voltar a conquistar a Copa Libertadores, título que o clube não vence desde 2005.

Foram sete reforços trazidos em 2019. Dois deles, titulares, dividirão uma responsabilidade maior: Pablo, 26, e Hernanes, 33, que custaram R$ 26,5 milhões e R$ 13,2 milhões, respectivamente.

“Fizemos o máximo para chegar em uma condição razoável. Agora é entregar tudo, é dar a vida. Libertadores é diferente, é raça, é coração”, disse Hernanes, contratado para a temporada e que admite não estar 100% fisicamente para o duelo.

Um pouco mais à frente na formação são-paulina vai estar Pablo. O camisa 12 só não participou do último jogo do time, poupado por Jardine.

Em Córdoba, o São Paulo faz a partida de ida da 2ª fase da Libertadores. A volta será no dia 13, no Morumbi.

Fonte: Yahoo

Sobre este editor

Carlos Telles
Minhas últimas notícias
Mais  Seleção brasileira perde terceira partida sob comando de Tite