seg. out 21st, 2019

Assentado é multado por explorar madeira em área protegida

 

Em uma operação nas propriedades rurais do município de Dourados e no distrito de Itahum, policiais militares ambientais autuaram ontem (17), um assentado por exploração ilegal de madeiras, às margens de um córrego (área de preservação permanente), que corta o assentamento rural Lagoa Grande.

A equipe verificou resquícios de árvores derrubadas na área protegida à margem do córrego e encontrou uma tora de ipê armazenada na propriedade do infrator.

Ainda foram encontradas pranchas e outras madeiras serradas advindas de árvores derrubadas das matas ciliares do córrego. 5,2 m³ de madeira foram apreendidas.

O infrator de 46 anos, residente no assentamento, foi autuado administrativamente e multado em R$ 3.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena um a três anos de detenção.

Mais  Homem tenta fugir de assalto, é esfaqueado e lâmina fica presa nas costas