sáb. jul 20th, 2019

Engenheiro agrônomo e suspeito de roubo de veículos são mortos na fronteira Brasil – Paraguai

Primeira vítima era coordenador de faculdade de agronomia e foi morto em Pedro Juan. O corpo do outro foi encontrado em Ponta Porã.

O engenheiro agrônomo paraguaio Hector Ruiz, de 44 anos, e o brasileiro Heitor Sander, de 23 anos, suspeito de roubo de veículos, foram mortos na manhã desta quarta-feira (10), na região de fronteira Brasil – Paraguai.

O engenheiro, que era coordenador de uma faculdade de agronomia em Pedro Juan Caballero, foi morto quando estava parado em um semáforo de uma das principais avenidas da cidade, por volta das 7h30 (de MS).

Pistoleiros em uma motocicleta pararam ao lado da caminhonete de Ruiz e atiraram. Os tiros de calibre 9 milímetros mataram o engenheiro na hora.

A polícia paraguaia investiga o caso que, a princípio, não teria ligação com tráfico de drogas, como muitas das execuções na região. Hector Ruiz não teria envolvimento com o crime e era uma pessoa muito respeitada na cidade.

Ponta Porã

Também por volta das 7h30, o corpo de Heitor Sander foi encontrado em uma estrada de Ponta Porã. Havia três marcas de tiros.

Segundo a polícia, o rapaz é do município de Itaquiraí, onde diversos homicídios foram registrados nas últimas semanas, e tem passagens por roubo de veículos.

Fonte: G1 MS

Sobre este editor

Carlos Telles
Minhas últimas notícias
Mais  Brasileiro é preso no Paraguai com 827 kg de maconha em caminhonete