dom. set 15th, 2019

Técnico preso com 760 mil arquivos pornográficos estava com filho de 3 anos em casa

(Caminhoneiro preso compartilhava pornografia infantil)

Um caminhoneiro também foi preso em Aquidauana

O técnico de informática de 29 anos preso na manhã desta quarta-feira (4), durante a deflagração da quinta fase da operação Luz na Infância, no Jardim Tijuca estava com o filho de 3 anos e casa. Com ele, os policiais apreenderam 760 mil arquivos de pornografia infantil.

Quando foram cumprir o mandado de busca e apreensão na casa do técnico, a polícia encontrou em 16 HD’s, o total de 4 terabytes de mídias pornográficas com crianças e adolescentes, um total aproximado de 760 mil arquivos. O filho de 3 anos do homem estava na sua companhia no momento da prisão.

A criança foi levada para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) para ser ouvida e afastado qualquer indício de que o menino poderia ter sido abusado pelo pai, que não foi confirmado.

Em Aquidauana, um caminhoneiro de 32 anos foi preso pelo crime, e segundo a delegada Marília de Brito, o homem compartilhava desde a juventude arquivos pornográficos com crianças e adolescentes. Ele está a caminho de Campo Grande, onde deverá prestar depoimento.

O técnico de informática teria dito que baixou as mídias com pornografia infantil por curiosidade. A delegada enfatizou que não existe um perfil para este tipo de crime. Ainda segundo ela, como os criminosos navegam na deep web as investigações demoram em torno de 4 a 6 meses.

A quinta fase da operação também cumpre mandados em outros seis países, além de outros estados brasileiros Amazonas, Amapá, Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte juntamente com a Polícia Federal.

Mais  Às vésperas do 7 de setembro, governo corre para dar base militar aos EUA

Fonte :Midiamax