seg. out 21st, 2019

Usina é multada em quase meio milhão por incêndio em área protegida

(Divulgação, PMA)

Queimas controladas estão proibidas até o final de setembro

Uma usina sucroenergética de Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros de Campo Grande, foi multada em R$ 496 mil por incêndio em lavoura de cana, pastagem e área protegida de reserva legal no município.

De acordo com a PMA (Policia Militar Ambiental) de Campo Grande, desde o dia 9 de setembro os policiais estão realizando vistorias em uma área incendiada, após denúncias de um incêndio em plantação de cana-de-açucar, que apontavam a usina como responsável pelo crime.

E devido à grande extensão do incêndio os levantamentos foram concluídos nesta segunda-feira (16) e indicaram que o incêndio ocorreu em duas propriedades rurais arrendadas pela usina denunciada como responsável.

Ainda conforme a PMA, o incêndio atingiu 254,47 hectares de lavoura de cana-de-açucar, 179,7 hectares de área de pastagem e, em uma das fazendas arrendadas pela usina, o fogo atingiu também uma área de vegetação nativa com 7,35 hectares de área de reserva legal protegida.  As medidas foram aferidas com GPS e totalizaram 441,52 hectares.

Sem autorização do órgão ambiental para realizar a queima controlada, que estão proibidas até o fim de setembro, a usina foi autuada administrativamente e multada em R$ 496 mil.

Os responsáveis foram notificados e a empresa tem agora direito à ampla defesa junto ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Fonte: Midiamax

Sobre este editor

Carlos Telles
Minhas últimas notícias
Mais  'Cocô dia sim, dia não' de Bolsonaro cai em vestibular da PUC do Paraná