sex. nov 15th, 2019

Donos de propriedades denunciam indígenas por prática de ‘terrorismo’ em áreas invadidas em Dourados

Um grupo de 12 proprietários rurais registrou na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados um boletim de ocorrência relatando terror em suas propriedades.

Segundo denunciado, incentivados por lideranças, criminosos indígenas têm tomado a área quase que diariamente para ameaçar e enfrentar os sitiantes.

A área fica na avenida Guaicurus, nas proximidades da reserva indígena.

À polícia o grupo afirmou que os invasores chegam às propriedades armados com armas de fogo, facões, arco e flexa e outras armas, e em diversos atos, têm depredado bens, provocando queimadas, matado animais, destruído cercas, ameaçado moradores de morte e outros tipos de violência, inclusive estuprar mulheres que residem nessas áreas.

“Os ataques têm sido praticamente diários e o medo e a insegurança tem se instalado na região”, afirmou um dos proprietário no registro da ocorrência.

Ele relata ainda que recentemente índios lançaram flechas contra o imóvel dele. As armas teriam ponta de metal.

“O objetivo dos indígenas é expulsar os moradores e proprietários da região, tomando posse das propriedades, o que só não aconteceu porque os moradores têm resistido dentro da legalidade”, afirma a ocorrência.

Fonte: Dourados News

Mais  Plantio da soja chega a 60,3% da área em MS com atraso em relação a 2018