sex. nov 15th, 2019

Aprovada a retirada do termo “divisão do Estado” dos eventos de MS

Deputados aprovaram projetos na sessão desta terça-feira (Foto: Assessoria/ALMS)

Projeto defende que seja usada a expressão “criação do Estado”, para valorizar a cultura local

Os deputados aprovaram 28 projetos na sessão de hoje (01), entre eles o que retira o termo “divisão do Estado” dos eventos e calendário de Mato Groso do Sul. A justificativa é para valorizar a história local, para ser usada a expressão “criação do Estado”.

O autor do projeto, João Henrique Catan (PL), destaca que o Estado do Mato Grosso é que foi dividido, por isto aqui deve ser comemorado a criação de Mato Grosso do Sul. “Se trata de um projeto simbólico, para valorizar a cultura local, como uma forma de autoafirmação, pois divisão (Estado) não pertence a nós”, pontuou.

Para o deputado o termo “criação” é simbólico para definir a história do Estado de uma forma “autêntica e coesa”. Ele defende inclusive que as escolas públicas e particulares possam dar mais espaço para história do estado, nas suas disciplinas. “As pessoas precisam conhecer os detalhes, por exemplo, da retirada da Laguna, a história de Guia Lopes”, citou o parlamentar.

Outros – Foram aprovados durante 26 projetos que tratam de homenagens a personalidades, sendo 16 comendas de mérito legislativo e 10 títulos de cidadão sul-mato-grossense. Os deputados entraram em acordo, durante a sessão, e votaram estas propostas em bloco, em uma única votação.

Fonte: Campo Grande News

Sobre este editor

Carlos Telles
Minhas últimas notícias
Mais  Com campeão definido, circo da F1 desembarca em Campinas para dar largada ao GP do Brasil