seg. nov 11th, 2019

Pilotar drones vai exigir teste teórico

Vinicius Szafran, editado por Liliane Nakagawa

No Reino Unido, nova regulamentação exigirá registro on-line e a conclusão de uma prova

A Civil Aviation Authority do Reino Unido determinou que os pilotos de drones terão de passar por um teste obrigatório antes de colocar as aeronaves não tripuladas para voar pelo espaço aéreo da região. Agora, um registro on-line pessoal e do drone dos usuários e a aprovação em uma prova teórica serão necessários.

De acordo com o site Engadget, o registro custa £ 9 (R$ 48 em conversão direta), mas obriga os operadores a fazerem um curso educativo on-line como parte do processo. Segundo as autoridades britânicas, um dos benefícios do sistema é que ele oferece uma maneira de conectar os drones com seus donos. Isso ajudará a retornar as aeronaves caso elas se percam, além de garantir que elas sejam comandadas de maneira responsável.

Após o registro estar completo, o dono do drone receberá um código único que deverá ser colocado em algum lugar visível do gadget para identificá-lo. Crianças com menos de 13 anos também poderão pilotar drones, mesmo com as novas regras. Para isso, elas deverão ser aprovadas no teste teórico e um pai ou guardião fará o registro da aeronave.

Reprodução

No entanto, cada drone registrado terá apenas um operador oficial, que deve ter mais de 18 anos e estará encarregado de garantir que apenas pessoas com um ID de pilotagem válido controlem suas aeronaves. Esse registro deve ser feito até o dia 30 de novembro deste ano.

Todas as regras anunciadas valem apenas para drones que pesam mais de 250g. Quem pilotar uma aeronave não tripulada acima desse peso e sem registro poderá receber multas de até £ 1000 (R$ 5.252) a partir do mês que vem.

Mais  Bolsonaro volta a atacar Lula solto: não vamos contemporizar com presidiário

Ainda segundo a publicação da Engadget, esse tipo de legislação já surte efeito no design de novos drones. Algumas empresas, tentando evitar as novas regras, estão começando a tomar o cuidado especial para que suas aeronaves não ultrapassem o limite mínimo para o registro, que é de 250g no Reino Unido e nos EUA. É o que acontece com o DJI Mavic Mini, por exemplo, que pesa exatamente 249g.

Via: Mundo Conectado

Fonte: Olhar Digital