ter. fev 19th, 2019

Após recuperar R$ 204 milhões, Governo deve lançar novo Refis até o fim do ano

O Governo de Mato Grosso do Sul prepara um projeto de lei para lançar um novo Refis (Programa de Regularização Fiscal) até o fim do ano. A proposta deve ser enviada à Assembleia Legislativa na próxima semana, segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O chefe do Executivo não adiantou detalhes como prazos e descontos, mas disse que o novo programa deve seguir os mesmos moldes do que ocorreu entre outubro e dezembro em 2017. Naquela ocasião, os descontos concedidos por meio do Refis variaram entre 95% a 50% sobre juros e multas.

Ao fim das renegociações, o Governo divulgou ter arrecadado efetivamente em torno de R$ 204,1 milhões. Em valores negociados ultrapassaram a barreira de 500 milhões. Desse total, havia uma expectativa de entrar nos cofres, ainda nessa gestão, em torno de 107 milhões. O restante nos anos seguintes conforme as parcelas negociadas.

Foram renegociados os débitos relativos ao ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Serviços), IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) e ITVD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação).

“Agora vamos mandar um projeto de lei para a Assembleia que possibilita ao contribuinte que não está em dia com o fisco que possa ter uma opção do Refis muito parecido com o que aconteceu nos moldes anteriores. Mas isso não seria para o 13º, seria para fortalecimento das receitas estaduais e as demandas que temos”, explicou Reinaldo Azambuja, durante agenda na manhã desta terça-feira (20).

Parte dos recursos arrecadados são divididos com os municípios, com 50% dos valores arrecadados referentes ao IPVA seguem para as prefeituras onde o carro está registrado e 25% do ICMS também é repartido com as cidades, obedecendo o critério do Índice de Participação dos Municípios.

Mais  Délia anuncia fim da carreira política e Barbosinha se coloca como candidato

Fonte: Mídiamax

Sobre este editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!

Notícias parecidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *