quinta-feira, Maio 24

Capa

Enquanto busca saída, Temer tenta nova trégua com caminhoneiros

Enquanto busca saída, Temer tenta nova trégua com caminhoneiros

Brasil, Capa, Economia, Política
Sem espaço fiscal, o presidente Michel Temer tenta uma trégua com os caminhoneiros enquanto a equipe econômica busca brechas no Orçamento para compensar a diminuição de impostos que incidem sobre o diesel. Em entrevista nesta quinta-feira (24), o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse que o governo não deve fazer nenhuma nova oferta na reunião marcada para a tarde desta quinta, com representantes da categoria. "Avançou-se em duas questões: preço e previsibilidade, que é muito cobrada nas reivindicações que nos fazem. Vamos para a reunião de hoje, não mais como ontem, simplesmente ouvindo, mas já tendo tomado medidas concretas que entendo que podem resultar numa trégua", disse. Eles buscam formas de encontrar uma compensação fiscal para a redução a zero dos tributos PI
Liderança de caminhoneiros: protesto só para quando isenção virar lei

Liderança de caminhoneiros: protesto só para quando isenção virar lei

Brasil, Capa, Destaque, Economia, MS
A Associação Brasileira dos Caminhoneiros afirmou, nesta quinta-feira (24), que só vai suspender a manifestação quando for publicada a isenção de impostos (PIS/Cofins e Cide) sobre o diesel no Diário Oficial da União. A paralisação entrou no quarto dia com aumento de bloqueios pelo país. "As lideranças não acreditam mais nas promessas do governo", afirma o grupo. Às 14h desta tarde, José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam, se encontra com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (MDB).Acuados pela greve, o presidente Michel Temer (MDB), o Congresso e Petrobras buscaram nessa quarta-feira (23) alternativas para atender os grevistas e reduzir o preço do diesel. Temer pressionou o comando da Petrobras e a estatal suspendeu provisoriamente sua política de reajustes: reduziu em 10% o p
Greve para 60% das indústrias e atrasa salários de 121 mil trabalhadores do setor em Mato Grosso do Sul

Greve para 60% das indústrias e atrasa salários de 121 mil trabalhadores do setor em Mato Grosso do Sul

Capa, MS
A greve dos caminhoneiros que ingressa hoje no quarto dia, já provocou desde ontem a paralisação das atividades em 60% dos 6.201 estabelecimentos industriais de Mato Grosso do Sul, ou seja, já estão sem produzir 3.720 indústrias no Estado, conforme levantamento parcial realizado pela Fiems junto aos empresários do setor. O número preocupa o presidente Sérgio Longen, que alerta para atraso no pagamento dos salários dos 121.501 trabalhadores das indústrias sul-mato-grossenses. "Se as indústrias estão paradas, elas não produzem e, se elas produzem, também não podem vender e, se não vendem, também não podem ter os impostos recolhidos. Na próxima semana, não tem como pagar a folha de pagamento dos nossos trabalhadores e, portanto, essa paralisação é uma preocupação imediata das empresas, poi
Gasolina esgota em postos de Dourados e comércio prepara manifesto

Gasolina esgota em postos de Dourados e comércio prepara manifesto

Capa, Dourados
Acaba a gasolina em vários postos de Dourados, assim como em Caarapó e outras cidades de Mato Grosso do Sul, que estão 100% sem combustível. Desde ontem, o anúncio do desabatecimento vem provocando uma corrida aos postos. Os poucos postos que têm combustível o movimento é grande. Alguns pontos de venda, agora, dispõem apenas de diesel para abastecer caminhonetes mas, segundo consta, o produto começa ficar escasso. Em algumas cidades, ao redor do país, o litro da gasolina chega a R$ 10. O manifesto dos caminhoneiros que pedem providências do Governo Federal para tornar viável o transporte rodoviário no Brasil, ganha corpo em todo país. Numa das entradas de Dourados, na confluências das rodovidas BR-163 e BR-463 que demanda à fronteira, há três pontos de manifesto dos condutores de
Câmara de SP aprova auxílio-saúde para vereadores

Câmara de SP aprova auxílio-saúde para vereadores

Capa, Política
Por 32 votos favoráveis e 8 contrários, os vereadores de São Paulo aprovaram nesta quarta-feira, 23, projeto de lei que concede a eles mesmos e aos demais servidores da casa um auxílio-saúde de até R$ 1.079, dependendo da idade, e ainda um auxílio-alimentação para os servidores de R$ 573,45. Os novos benefícios devem gerar um gasto anual extra de R$ 38 milhões. A Câmara tem um orçamento anual de R$ 500 milhões. O projeto segue para sanção do prefeito Bruno Covas (PSDB). O texto é um projeto de lei apresentado na Câmara em 2013, que foi reapresentado pela atual Mesa Diretora, na forma de um texto substitutivo. O auxílio-alimentação é automático e será depositado na conta dos servidores. As projeções da Câmara dão conta de um custo extra de R$ 14 milhões aos cofres municipais. Já o aux
Em defesa, advogados da Minerworld pedem para justiça negar gratuidade às vítimas

Em defesa, advogados da Minerworld pedem para justiça negar gratuidade às vítimas

Capa, MS, Tecnologia
A defesa da empresa Minerworld, investigada por suspeita de operar em esquema de pirâmide financeira, apresentou nesta terça-feira (23) peça de 72 páginas, na qual contesta as acusações do MPE (Ministério Púbico Estadual), pede audiência de conciliação, e apresenta proposta de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) junto ao MPE. A peça pede a derrubada do pedido de hipossuficiência econômica dos terceiros interessados, ou seja, ingresso na ação com Justiça gratuita, por parte dos litisconsortes (pessoas lesadas que entraram como autores da ação), por estes “possuírem conhecimento suficiente e em razão das informações trazidas pela empresa, detinham condições de avaliar os riscos inerentes aos negócios apresentados pela Requerida Minerworld”. Nos autos, a empresa também nega ter co
‘Máfia dos Cigarreiros’ influenciava até transferências e promoções na PM, diz Gaeco

‘Máfia dos Cigarreiros’ influenciava até transferências e promoções na PM, diz Gaeco

Capa, Polícia
O envolvimento de policiais militares com a “máfia dos cigarreiros”, esquema investigado há mais de 1 ano pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e que já conta com prisão de 21 militares no âmbito da operação Oiketikus, ia, supostamente, muito além de apenas aliviar a fiscalização aos carregamentos de cigarro contrabandeado. As investigações revelam que alguns policiais tentavam interferir nos atos do comando da PM, fazendo com que transferências e promoções de militares atendessem aos interesses do grupo. Durante todo o processo de investigação, que contou com promotores do Gaeco e também informações repassadas pela Corregedoria da PM, descobriu-se um rol de pouco mais de 20 policiais que recebiam propina de até R$ 100 mil mensais para fazer “vista grossa
MP vai à Justiça por execução de sentença contra o Município

MP vai à Justiça por execução de sentença contra o Município

Capa, Dourados
O MPE (Ministério Público Estadual) foi à Justiça para que a sentença proferida contra a prefeitura de Dourados, no que remete a iluminação da avenida Guaicurus, seja cumprida. No entender do promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Júnior, responsável pela 10ª Promotoria, várias tentativas de acordo sem a necessidade do cumprimento da pena não evoluíram. O órgão ajuizou ação em agosto de 2016 exigindo, em caso de não cumprimento das obrigações em 30 dias, multa diária não inferior ao valor de R$ 10 mil contra a administração. O pedido era de substituição de lâmpadas queimadas, colocação de produtos em boas condições de uso e manutenção periódica no trecho que dá acesso a Cidade Universitária, Aeroporto e Exército Brasileiro. A Justiça julgou procedente o pedido do Ministério Público e
Denatran suspende pagamento de multas com cartão de crédito ou débito

Denatran suspende pagamento de multas com cartão de crédito ou débito

Brasil, Capa
Dois meses após ter regulamentado o uso de cartões de débito ou crédito para o pagamento de multas de trânsito, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) suspendeu a portaria que estabelecia as diretrizes e os procedimentos para os pagamentos eletrônicos. Publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia (21), a Portaria Nº 91 suspende a anterior (número 53, de 23 de março) sem especificar os motivos. Procurado pela reportagem, o departamento ainda não informou o porquê da suspensão, nem os impactos da decisão. O texto da portaria anterior destacava que a possibilidade de os motoristas pagarem suas multas por infrações de trânsito utilizando cartões de débito ou crédito levava em conta a "necessidade de aperfeiçoamento da forma de pagamento, adequando-a a métodos de pagamento
Mais de 3 mil crianças passam frio em barracos de lona em Dourados

Mais de 3 mil crianças passam frio em barracos de lona em Dourados

Capa, Dourados
Dados da Fundação Nacional do Índio (Funai) aponta que cerca de 3 mil crianças, debaixo de barracos de lona, estão vulneráveis ao frio intenso, com temperaturas de 7º graus, nas aldeias de Dourados. Essas crianças moram com a família em barracos improvisados na Reserva Indígena de Dourados, a mais populosa do Brasil. É o caso da dona de casa Laudicéia Oliveira, de 37 anos. Ela tem cinco filhos. Com poucos agasalhos e cobertores, a estratégia é perigosa para espantar o frio. Com pedaços de lenha ela acende um fogo para aquecer o interior do barraco que mora com os filhos. Com as chamas ela também improvisa um fogão para preparar alimentos. "Hoje eu tento evitar essa prática por causa da fumaça. Só quando está muito frio. Mas ainda tem muita gente que faz fogo nas casas para se aquece