quinta-feira, Maio 24

Economia

Notícias sobre economia

Enquanto busca saída, Temer tenta nova trégua com caminhoneiros

Enquanto busca saída, Temer tenta nova trégua com caminhoneiros

Brasil, Capa, Economia, Política
Sem espaço fiscal, o presidente Michel Temer tenta uma trégua com os caminhoneiros enquanto a equipe econômica busca brechas no Orçamento para compensar a diminuição de impostos que incidem sobre o diesel. Em entrevista nesta quinta-feira (24), o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse que o governo não deve fazer nenhuma nova oferta na reunião marcada para a tarde desta quinta, com representantes da categoria. "Avançou-se em duas questões: preço e previsibilidade, que é muito cobrada nas reivindicações que nos fazem. Vamos para a reunião de hoje, não mais como ontem, simplesmente ouvindo, mas já tendo tomado medidas concretas que entendo que podem resultar numa trégua", disse. Eles buscam formas de encontrar uma compensação fiscal para a redução a zero dos tributos PI
Liderança de caminhoneiros: protesto só para quando isenção virar lei

Liderança de caminhoneiros: protesto só para quando isenção virar lei

Brasil, Capa, Destaque, Economia, MS
A Associação Brasileira dos Caminhoneiros afirmou, nesta quinta-feira (24), que só vai suspender a manifestação quando for publicada a isenção de impostos (PIS/Cofins e Cide) sobre o diesel no Diário Oficial da União. A paralisação entrou no quarto dia com aumento de bloqueios pelo país. "As lideranças não acreditam mais nas promessas do governo", afirma o grupo. Às 14h desta tarde, José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam, se encontra com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (MDB).Acuados pela greve, o presidente Michel Temer (MDB), o Congresso e Petrobras buscaram nessa quarta-feira (23) alternativas para atender os grevistas e reduzir o preço do diesel. Temer pressionou o comando da Petrobras e a estatal suspendeu provisoriamente sua política de reajustes: reduziu em 10% o p
Cássio Cunha Lima sugere demissão de presidente da Petrobras

Cássio Cunha Lima sugere demissão de presidente da Petrobras

Brasil, Destaque, Economia
O impasse diante da greve de caminhoneiros no país ampliou cobranças pela mudança na política de preços da Petrobras e despertou pressões pela demissão do presidente da estatal, Pedro Parente. O vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), disse que os reajustes diários dos combustíveis praticados pela companhia são "insuportáveis" e afirmou que a empresa precisa mudar de posição. "É uma irresponsabilidade da Petrobras. Se Pedro Parente insistir nessa política de preços, que seja demitido. Não se pode colocar interesses da Petrobras acima dos interesses do Brasil", declarou o senador. Parente tem bom trânsito entre tucanos e costuma ser citado por dirigentes do PSDB como modelo de gestor. Ele foi ministro da Casa Civil no governo Fernando Henrique Cardoso, de 1999 a 200
Trânsito em SP fica acima da média e se concentra na marginal Tietê

Trânsito em SP fica acima da média e se concentra na marginal Tietê

Brasil, Destaque, Economia
Motoristas enfrentaram trânsito intenso na cidade de São Paulo no início da manhã desta quinta-feira (24). Em greve por todo o país, caminhoneiros mantinham protesto ativo na Marginal Pinheiros no sentido Castello Branco. Segundo informações da CET, o pico foi registrado às 8h30, quando foram registrados 118 km de lentidão na cidade. A média para esse horário fica entre 43 e 85 km. A situação se normalizou por volta das 9h30, quando a lentidão ficou em 82 km, dentro da média para o horário, que fica entre 53 e 87 km.Às 11h30, a marginal Tietê sentido Ayrton Senna registrava 15,8 km de lentidão, com tendência de alta, representando 40,4% de toda a lentidão da cidade de São Paulo. Já a marginal Pinheiros tinha 6,3 km de lentidão no sentido Castelo Branco, representando 16,1% do trânsit
Donos de postos de gasolina são detidos por aumento abusivo de combustíveis na Capital

Donos de postos de gasolina são detidos por aumento abusivo de combustíveis na Capital

Brasil, Destaque, Economia, MS, Polícia
Dois donos de postos de gasolina de Campo Grande foram detidos e encaminhados para a Decon (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) na manhã desta quinta-feira (24), suspeitos de aumento abusivo nos preços dos combustíveis. Eles teriam aproveitado a alta procura de gasolina, provocada pela greve dos caminhoneiros, e elevado os preços durante a manhã. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados, mas eles são proprietários de postos no bairro Amambaí e Centenário. De acordo com o Procon/MS (Superintendência Estadual de Defesa do Consumidor), os números de denúncias de preços abusivos aumentaram consideravelmente nas últimas horas, com o registro de pelo menos 16 casos suspeitos. A fiscalização dos órgãos de controle foi intensificada e algumas pessoas estão
A greve dos caminhoneiros e a prática abusiva por parte dos empresários do ramos de combustível

A greve dos caminhoneiros e a prática abusiva por parte dos empresários do ramos de combustível

Brasil, Destaque, Economia
É manifestamente legal e completamente válida a interrupção dos caminhoneiros em seu trabalho a fim de pressionar o governo com a finalidade de reduzir o valor do díesel e suas alíquotas, combustível este que os trabalhadores (caminhoneiros) reclamam que acaba por consumir em mais de 60% (sessenta por cento) o valor do frete que cobram para transportar mercadorias e serviços. Registramos como válida a greve por ser pacífica e as ordens judiciais emanadas no sentido de desobstruírem as pistas que trancavam as rodovias foram obedecidas. Por outro lado, no dia de ontem, 23 de maio de 2018, também presenciamos, acompanhamos ao longo de todo o dia a elevação absurda dos valores dos combustíveis, por parte dos empresários, donos de postos de combustíveis, em nossa cidade, Estado, País sem
Quarto dia de bloqueio fecha 30 trechos em 21 cidades de MS

Quarto dia de bloqueio fecha 30 trechos em 21 cidades de MS

Brasil, Dourados, Economia
Esta quinta-feira (24), entra no quarto dia de paralisação dos caminhoneiros em todo o Brasil, e no Estado, de acordo com o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), agora pela manhã, são 30 trechos interditados nas rodovias federais, em 21 municípios. Na segunda maior cidade de MS, Dourados, por exemplo, pontos da BR-163 como os km 266 e 256 e próximo a rua Coronel Ponciano estão parcialmente fechados desde o início da tarde de terça-feira (22). Assim como ontem (23), os trabalhadores passaram à noite acampados. Ainda na BR-163, que é a principal rodovia que corta o Estado, outros trechos seguem trancados como em Campo Grande, nos km 462, 477 e 324; São Gabriel do Oeste, km 614 e 618; Rio Brilhante, km 324; Eldorado, km 39; Naviraí, km 117; Caarapó, km 206; Rio Verde
Contra abuso nos preços, força-tarefa autua postos em Dourados

Contra abuso nos preços, força-tarefa autua postos em Dourados

Brasil, Dourados, Economia
O Programa de Proteção ao Consumidor (Procon) de Dourados já autuou cinco postos de combustível em Dourados por cobrarem preços abusivos no litro da gasolina. Outros 15 estabelecimentos foram notificados. A informação foi confirmada ao Dourados Newspelo diretor do órgão, Mário Cerveira, que junto ao Ministério Público Estadual (MPE), está visitando estabelecimentos em todas as regiões da cidade durante esta quinta-feira (24) para fiscalização. Na semana passada, era possível encontrar o litro da gasolina sendo comercializado a R$3,89 e nesta quarta-feira (23), o mesmo estabelecimento registrava em seu painel de preços o valor de R$4,90. A diferença representa 25,9% de acréscimo no valor por litro em apenas 10 dias. De acordo com Cerveira, o objetivo da operação é coibir que ess
Prefeitos querem compensar perdas com extinção da Cide sobre o diesel

Prefeitos querem compensar perdas com extinção da Cide sobre o diesel

Economia
Em mais um dia de protestos pela redução do preço dos combustíveis no país, o presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), Paulo Ziulkosky, criticou a proposta do governo de reduzir o preço dos combustíveis zerando a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre o diesel. Ziulkosky preside a 21ª Marcha em Defesa dos Municípios que reúne, até nesta quinta-feira (24), em Brasília, cerca de 7 mil prefeitos. Ele lembrou que a medida afetará diretamente os cofres de estados e municípios que recebem 30% da arrecadação desse imposto. Ziulkosky defendeu que estados e municípios sejam compensados e sugeriu que a saída para baratear combustíveis venha da redução de outros impostos federais que incidem sobre os combustíveis como o PIS e a Cofins. "A gente concorda com o
Petrobras vai reduzir em 10% o preço do diesel nas refinarias

Petrobras vai reduzir em 10% o preço do diesel nas refinarias

Destaque, Economia
O presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou na noite desta quarta-feira, dia 23 de maio, uma redução de 10% no valor do diesel nas refinarias por 15 dias. A decisão, segundo ele, busca contribuir com uma possível trégua no movimento dos caminhoneiros, que estão paradas nas estradas há três dias contra preço do combustível. Na prática, a Petrobras avalia que a redução média será de R$ 0,23 nas refinarias, resultando numa queda média de R$ 0,25 nas bombas dos postos de combustível. A medida vale apenas para o diesel. A expectativa é de que a paralisação seja suspensa e, nos 15 dias em que vigorar a nova tarifa, governo e caminhoneiros encontrem uma solução definitiva. Fonte: Agência Brasil