quarta-feira, outubro 17

Política

Notícias da Política

Lula agradece título de doutor: “grande alento para a luta”

Lula agradece título de doutor: “grande alento para a luta”

Capa, Política
Este é o segundo título de Doutor Honoris Causa recebe depois da prisão política, em 7 de abril. No dia seguinte à prisão, outra instituição de ensino superior do país vizinho, a Universidad Nacional de Rosario, também havia concedido o título ao ex-presidente, homenageado por integrar o povo latino-americano através da educação. O reconhecimento dos feitos do governo Lula ultrapassa as fronteiras brasileiras. Confira abaixo a imagem da carta:
TSE julga Garotinho inelegível e o afasta de campanha a governo do Rio

TSE julga Garotinho inelegível e o afasta de campanha a governo do Rio

Capa, Política
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (27), por unanimidade, que o ex-governador do Rio Anthony Garotinho está inelegível e, portanto, deve suspender de imediato a campanha ao governo fluminense nas eleições deste ano. Ele também está proibido de gastar recursos do Fundo Eleitoral. O TSE confirmou decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), que no último dia 6 já negou o registro de candidatura a Garotinho. Ele figura como segundo colocado em pesquisas de intenção de voto ao governo do Rio. Garotinho teve seus direitos políticos suspensos pelo TSE por ter sido condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito, em julho, pela segunda instância do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). O caso envolve desvios de R$ 234,4 m
Bolsonaro aposta no Nordeste para roubar votos do PT

Bolsonaro aposta no Nordeste para roubar votos do PT

Brasil, Capa, Política
Nos celulares dos aliados de Jair Bolsonaro (PSL) pululam vídeos de manifestações de apoio ao presidenciável em cidades do Nordeste: adesivaços, panfletagem, carreatas. Essa região do Brasil virou o novo objeto de desejo da campanha do capitão reformado do Exército, que acredita que uma possível vitória no primeiro turno passa por roubar votos dos adversários, especialmente do PT. Nas próximas semanas, os filhos de Bolsonaro, os deputados Eduardo e Flávio, e outros aliados devem começar a colocar destinos nordestinos em seus roteiros de campanha. Em reunião nesta terça-feira (18), em São Paulo, eles se encontraram com uma produtora contratada pelo PSL e gravaram vídeos destinados a eleitores de estados como a Bahia. "A surpresa virá do Nordeste. Essa falácia [do PT] dizer 'o Nord
Anitta volta a falar: ‘Não voto em candidato machista e homofóbico’

Anitta volta a falar: ‘Não voto em candidato machista e homofóbico’

Capa, Celebridades, Política
No olho do furacão de uma grande polêmica sobre seu posicionamento político, Anitta voltou a se posicionar no Instagram, na tarde desta quinta-feira (20). A cantora diz que grupos favoráveis a determinado candidato a presidente usa sua imagem como se ela o apoiasse. Anitta desmentiu o tal apoio e voltou a afirmar "Eu não voto em candidato machista, eu não voto em candidato homofóbico, racista", declarou a cantora. E continuou: "Não vou participar de jogo político". Há dias, a comunidade LGBT pede que a cantora diga claramente que não apoia Jair Bolsonaro. Embora ela não cite o nome do candidato do PSL, parte dos seus fãs entendem que ela é contrária às ideias dele por causa dos seus pronunciamentos recentes.  
#EleNão: candidata de Bolsonaro é recebida com vaias e gritos durante debate

#EleNão: candidata de Bolsonaro é recebida com vaias e gritos durante debate

Destaque, Política
A candidata ao Senado Soraya Thronicke (PSL) recebeu vaias e vários gritos de ‘EleNão’ durante debate realizado na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) na manhã desta quarta-feira (19), em Campo Grande. O fato aconteceu após a candidata defender o aliado de partido e candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro. “Nessa eleição muitos candidatos têm um grande índice de infidelidade ao partido, alguns apoiam partidos de coração e outros por oportunismo. Meu candidato não merece ser esfaqueado”, disse Soraya, que foi seguida de várias vaias após o pronunciamento. Quando interrogada sobre as manifestações realizadas contra o candidato Jair Bolsonaro, ela desconversa e diz que tudo não passa do ‘medo de um pulso firme no poder’. “As pessoas
Mulheres convocam ato nacional ‘Ele Não’ dia 29

Mulheres convocam ato nacional ‘Ele Não’ dia 29

Brasil, Capa, Política
O movimento Mulheres Unidas Contra Bolsonaro lançou na manhã desta quarta-feira (19) um vídeo para a convocação do protesto no dia 29 de setembro contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e que está rapidamente viralizando nas redes sociais. De acordo com o vídeo, o deputado federal "não sabe respeitar uma criança. Ele não sabe respeitar uma mulher. Ele não respeitar as diferenças e tudo tem que ser do jeito que ele quer". "Ele não. Bolsonaro inimigo das mulheres", diz a interlocutora. A mobilização ocorre no Largo da Batata, no bairro de Pinheiros, zona oeste da cidade de São Paulo. Também há protestos marcados em outras cidades. De acordo com o texto do evento, "mulheres que se opõem à candidatura de Jair Bolsonaro não se calarão". "Juntas, diversas, apoiadoras de diversas cand
Dilma não está inelegível e pode disputar Senado, diz Justiça Eleitoral

Dilma não está inelegível e pode disputar Senado, diz Justiça Eleitoral

Capa, Política
O registro de candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que concorre ao Senado em Minas Gerais, foi deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral nesta segunda (17) por quatro votos a três. O desembargador Pedro Bernardes, presidente da corte, desempatou a favor de Dilma, que foi considerada elegível apesar de ter sofrido um impeachment há dois anos. A candidatura da petista foi alvo de mais de dez questionamentos, inclusive do diretório estadual do Partido Novo e da filha do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), Danielle Cunha (MDB), que concorre a deputada federal. O emedebista, hoje preso, foi responsável por deflagrar o andamento do pedido de impeachment na Câmara. Os questionamentos sustentavam que Dilma deveria ficar inelegível por oito anos, como estabelece a Co
Lupa confirma: autor do ataque nunca foi do PDT ou do PT

Lupa confirma: autor do ataque nunca foi do PDT ou do PT

Brasil, Capa, Política
O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado na tarde desta quinta-feira (6), durante um ato de campanha na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Bolsonaro recebe atendimento no município, e a Lupa checa em tempo real informações que circulam em redes sociais e sites sobre o ataque contra o presidenciável. Esta publicação, que faz parte do projeto de verificação de notícias, poderá ser atualizada ao longo das próximas horas. “O suspeito [de esfaquear de Bolsonaro] seria José Adélio Bispo de Oliveira, filiado ao PDT mineiro” De acordo com informações oficiais, o nome do homem que foi preso em flagrante por esfaquear Jair Bolsonaro é Adélio Bispo de Oliveira – não José Adélio. José Adélio Bispo de Oliveira, que aparece nas notícias ana
PGR pede esclarecimentos a Bolsonaro sobre frase ‘fuzilar petralhas’

PGR pede esclarecimentos a Bolsonaro sobre frase ‘fuzilar petralhas’

Brasil, Capa, Política
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu hoje (5), em ofício enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro apresente esclarecimentos sobre um discurso de campanha feito na semana passada, no Acre, no qual usou as expressões “vamos fuzilar a petralhada aqui do Acre” e “vão ter que comer capim”. O pronunciamento da PGR decorre da representação criminal ajuizada na última segunda-feira (3) pela coligação Povo Feliz de Novo, formada por PT, PCdoB e PROS, contra o candidato do PSL pelos crimes de injúria, ameaça e incitação ao crime. Na mesma manifestação, motivada por um pedido do ministro Ricardo Lewandowski, relator da representação do PT, Raquel Dodge descartou que Bolsonaro tenha cometido o crime de injúria eleit
Vice de Ciro Gomes vence o debate contra Miriam Leitão na GloboNews

Vice de Ciro Gomes vence o debate contra Miriam Leitão na GloboNews

Capa, Política
A Globonews tem um formato de entrevista com candidato nestas eleições que talvez não encontre paralelo na imprensa do mundo civilizado. São seis entrevistadores, mais um mediador que é funcionário da empresa, contra o candidato. Ontem à noite, a senadora Kátia Abreu, vice na chapa de Ciro Gomes, venceu os jornalistas que se colocaram não como quem quer esclarecer o eleitor, mas bombardear o candidato com perguntas agressivas, capciosas e, muitas vezes, desnecessárias. Kátia Abreu, que foi ministra da Agricultura do governo de Dilma Rousseff e presidente da Confederação Nacional da Agricultura durante seis anos, apontou a fragilidade das perguntas dos jornalistas da Globo e demonstrou que a quantidade de perguntadores não assegura a qualidade jornalística. Miriam Leitão foi quem mais