qua. mar 20th, 2019

Em governo Bolsonaro, gastos com cartão corporativo crescem 16%

Um levantamento realizado pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra que os gastos com cartões corporativos cresceram 16% no governo de Jair Bolsonaro. O cálculo, que leva em conta os gastos vinculados à  Secretaria de Administração da Presidência da República, considera a média dos últimos quatro anos, descontada a inflação desse período.

Nos dois primeiros meses de governo, o gasto com cartões de crédito foi de R$ 1 milhão. A descrição da maioria dos gastos, no entanto, não foi divulgada. Estão descritos somente gastos de R$ 15,5 mil, o equivalente a 1,4% do total. Entre as despesas estão a compra de itens de informática e o pagamento da manutenção de veículos. De acordo com a  Controladoria-Geral da União, as informações não foram divulgadas porque podem colocar a segurança de Bolsonaro em risco.

Governo defendeu fim do cartão corporativo

Durante a transição do governo, o ministro da Casa Civil. Onyx Lorenzoni, defendeu o fim do uso desse tipo de cartão, com mudanças que seriam “feitas com critério”, levando em conta a Advocacia-Geral da União e a Controladoria-Geral da União. Os dois órgãos informam que ainda não foram consultados pelo governo sobre o tema.

Gastos

Estão registrados para utilizar os cartões corporativos mais de 1.800 servidores. Juntos, eles gastaram R$ 5,3 milhões desde que Bolsonaro assumiu a presidência. Considerando todos os órgãos do governo, no entanto, a economia é de 28%.

Em governo Bolsonaro, gastos com cartão corporativo sobem 16%

Fonte: Yahoo

Sobre este editor

Maryone Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!
Minhas últimas notícias
Mais  Ações da PM apreendem 20 veículos e prende três no fim de semana

Notícias parecidas