seg. mar 18th, 2019

IPTU chega 4,39% mais caro para contribuinte douradense

O contribuinte douradense vai pagar 4,39% mais caro no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) esse anos. Os quase 100 mil boletos começam a chegar essa semana e serão entregues pelo Correios. De acordo com o auditor fiscal de tributos municipais Cláudio Matos, a soma de todos os boletos totaliza R$ 123 milhões em arrecadação, mas a expectativa é de receber R$ 65 milhões, tendo em vista os casos de isenção, descontos e a inadimplência, que chega a 30% em Dourados.

Segundo o diretor, o aumento no valor do IPTU se deve a uma correção feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial – IPCA-E.

Entre os pontos importantes acerca do IPTU 2019 está, a concessão de descontos para quem efetuar o pagamento em cota única até o dia 10 de fevereiro.

“O contribuinte que não tiver débitos tem 20% de desconto no pagamento em dia. Para quem tem débitos parcelados e em dia, o desconto é de 15% e, mesmo contribuintes que tiverem débitos anteriores recebem 10% de desconto. Além disso, o programa Bom Pagador concede 30% de desconto ao contribuinte que, nos quatro anos anteriores, realizou o pagamento à vista”, explica Claudio.

Com o boleto em mãos, o contribuinte tem a opção para pagamento na condição à vista e também com primeira parcela do IPTU 2019, caso opte pelo parcelamento do mesmo. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária, casas lotéricas ou caixas eletrônicos. As pessoas que têm acesso à internet banking, poderão pagar usando apenas o código de barras.

Em caso de perda ou atraso no pagamento o contribuinte pode retirar a segunda via na Central de Atendimento ao Cidadão ou pelo site www.dourados.ms.gov.br na opção Central de Serviços. A Central atende no horário das 7h30 às 13h30.

Mais  Operação Hacker de Papel tem ex-presidente de Câmara como alvo

Conforme a Secretaria de Fazenda, a arrecadação com o IPTU em 2018 foi de pouco mais de R$ 59 milhões. A estimativa para 2019 segue a do ano passado, sendo de R$ 65 milhões.

Área edificada

Através do Departamento de Lançamento e Arrecadação de Tributos, o município de Dourados está utilizando imagens obtidas por intermédio de aerofotogrametria para atualizar as áreas construídas de todos os imóveis.

A recomendação é que o contribuinte verifique as informações da Área Edificada do imóvel contida na ficha de informação cadastral do imóvel, localizada acima da guia de pagamento. Caso haja divergências, o cidadão pode procurar a Central de Atendimento para a devida regularização evitando notificação e multas. Quem não receber o boleto em casa, pode imprimir a guia direto no site da prefeitura – www.dourados.ms.gov.br

Fonte: DouradosAgora