Paciente morre após erro de robô durante cirurgia cardíaca

Uma cirurgia cardíaca realizada no Freeman Hospital (Newcastle, Inglaterra) terminou em morte por causa de um erro cometido por um robô.

A operação foi realizada em 2015, mas só agora o caso está sendo investigado pelo Sistema Público de Saúde (NHS) e pela polícia. Stephen Pettitt, de 69 anos, sofreu falência múltipla dos órgãos após fracassado procedimento para substitução da válvula mitral.

No meio da cirurgia, o septo interatrial (parede muscular da porção superior do coração) foi perfurado acidentalmente, provocando hemorragia. Cirurgiões tiveram que abrir o tórax do paciente de emergência, mas não obtiveram êxito.

Robô Da Vinci, semelhante ao envolvido no erro durante cirurgia na Inglaterra Robô Da Vinci, semelhante ao envolvido no erro durante cirurgia na Inglaterra Foto: Divulgação/NHS Sukumaran Nair, chefe da equipe admitiu que deveria ter feito mais testes com o robô antes de utilizá-lo em uma cirurgia tão delicada, de acordo com reportagem do “Telegraph”. Os sistema robotizado conhecido como Da Vinci foi desenvolvido para participar de cirurgias de precisão, menos invasivas, proporcionando segurança e recuperação mais rápida no pós-operatório.

Paul Renforth, coordenador de robótica do Freeman Hospital, que estava presente na cirurgia, comentou que o “clima estava bastante tenso” durante o procedimento.

O NHS tem 60 robôs que participam de diversos tipos de cirurgia. O resultado é considerado satisfatório.

Fonte: FolhaDeDourados

Notícias parecidas

Mais  Anjinhas sensuais da Victoria's Secret deixam Nova York fascinada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *