ter. fev 19th, 2019

Polícia pericia celulares após empresário matar esposa e filha em MG

Um inquérito foi instaurado, nessa segunda-feira (19), para investigar a trágica morte de uma mãe e uma filha, de 4 anos, no último fim de semana. As vítimas, a médica Mariana Barbosa Paranhos, 33 anos, e a pequena Valentina Paranhos de Aquino, foram assassinadas a facadas pelo empresário Thiago José de Aquino Marques, marido da mulher e pai da menina. O suspeito se matou após o crime, cometido em Uberlândia, no sábado (17).

Os celulares de Thiago e Mariana foram apreendidos pela Polícia Civil, segundo a delegada responsável pelo caso, Paula Fernanda de Oliveira. Conforme o G1, os aparelhos serão usados para a corporação chegar à motivação do duplo homicídio, seguido de suicídio. A polícia foi ao local do crime e realizou a perícia. Os corpos passaram por exames de necropsia.

Entenda o caso

Mariana fazia plantão na madrugada do sábado, quando Thiago foi ao hospital e pediu para uma enfermeira chamá-la, dizendo que Valetina estava passando mal. Ao entrar no carro, o suspeito conduziu por uma avenida da cidade e se envolveu em um acidente. Em seguida, ele desferiu 12 golpes de faca contra a esposa. A criança também foi encontrada morta, ainda na cadeirinha no banco de passageiros do veículo.

Fonte: NotíciasAoMinuto

Sobre este editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!

Notícias parecidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *